O tempo/espaço

27.11.12

O tempo/espaço que vivemos foi caracterizado e feito por Deus.  Ele escolheu um padrão de estrutura para a dimensão que vivemos, ou seja, tudo aquilo que vemos, sentimos, ouvimos, pensamos, desejamos, lutamos, é meramente físico, em outras palavras, são feitos de bolinhas “partículas subatômicas”.

O homem se preocupa demais em buscar respostas baseadas na trajetória e comportamento de determinadas bolinhas. Se você parar e pensar, toda a história da humanidade desde os antigos tempos até o nosso futuro se baseia nas trajetórias dessas bolinhas. É pura perda de tempo tentar desvendar nossas questões não físicas baseadas em coisas físicas.

O universo é infinito e finito ao mesmo tempo. (Mas como assim?!) Podemos encontrar o infinito do universo na nossa dimensão de bolinhas. (Mas você já foi lá pra ver?!) Não é necessário ir até lá, mesmo que você viaje 1 trilhão de anos na velocidade da luz e ache uma parede no fim do universo, essa parede terá uma espessura, e consequentemente haverá algo depois dela, e depois, e depois, e depois.

O universo finito é aquele que só saímos dele não através de bolinhas, mas através do espírito, que não é feito de prótons, elétrons, nêutrons, bósons, fótons e etc, é uma pura matéria de dimensões superiores de Deus. Deus é o único que pode controlar o trânsito de algo entre as dimensões.

Da mesma forma Ele nos presenteou com nossa forma em espírito que habita em nós, mas não na nossa dimensão física, pois tudo que é físico e feito de bolinhas e tem validade, nosso espírito é eterno, então ele não pode ser feito de bolinhas.

O que podemos concluir é que sendo nós formados de bolinhas só podemos solucionar problemas que envolvem coisas feitas de bolinhas. Todas nossas perguntas, como origem, destino, mistérios e outras coisas só poderão ser respondidas quando estivermos em outra dimensão, por isso, ao invés de dedicarmos em média 98,809% do nosso tempo semanal se dedicando a questões feitas de bolinhas, deveríamos dedicar esse tempo em cumprir as coisas ditas naquele pequeno conhecimento que foi deixado a nós chamado “Bíblia”.

Tudo isso é pura física simples, não tem segredo, não é preciso fazer cálculos integrais e derivados para entender isso. Acredite você em Deus ou não, você apenas deve aceitar o fato de que somos um mero brinquedo lego de trilhões de trilhões de trilhões de peças na mão de um “ser” infinitamente mais poderoso do que todos nós. E depois que morremos e todas nossas bolinhas virarem petróleo, ou areia, ou água, ou um iphone, sim, um iphone; Tudo que vai nos restar é a misericórdia deste “ser” que levará nossos espíritos para a dimensão dele, longe desta caixinha de brinquedo com peças de lego. Reflita e reveja seus conceitos de vida. Vale mesmo a pena viver lutando por coisas feitas de bolinhas?

publicado por mariofernando às 23:41

2

19.11.12

Um olhar

Um sentimento

Um lugar

Um momento

Um perfume

Uma lembrança

Uma flor

Uma esperança

publicado por mariofernando às 17:51

Song 1.

14.11.12

I still hear that song

Whenever I'm near you
I do not know what it means
I know I look like a fool

 

But believe
It is not a lie
Just wanna love you
Do not wanna cry

 

Say it again
Neither the sun
Neither rain
Will tear us apart

 

Say it again
I just want your heart

publicado por mariofernando às 03:03

Não sei

12.11.12

 

Não penso, não vejo

Não sei, nem quero

Não entendo e gosto

Não sei você

Não sei eu

Não sei seu deus

Não sei o começo

Não sei o fim

Não sei das coisas

Não sei dos tempos

Não sei seu mundo

Não sei de tudo

publicado por mariofernando às 03:14

pesquisar

 

Novembro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro